No 7578   Ano 31   © 2018   2a-feira 23jul2018

G20: riscos de curto e médio prazo.

Depois de dois dias de reuniões em Buenos Aires, Argentina, ministros da Fazenda e presidentes de bancos centrais do G20 manifestaram a preocupação com o aumento de "riscos de curto e médio prazo" ao crescimento da economia global. Entre esses riscos, estariam as "crescentes vulnerabilidades financeiras e o aumento das tensões comerciais e geopolíticas". Foi o 3º encontro dos responsáveis pelas áreas econômica e financeira do G20, na presidência argentina do grupo, que termina no fim do ano. Mas foi a primeira reunião desde que os EUA passaram a aplicar tarifas à China e outros países.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Perda de US$ 430 bilhões com guerra comercial

  Mnuchin reafirma "comércio livre e justo"

  Com tarifas, UE não negociará com EUA.

  Temer na reunião do Mercosul e Aliança do Pacífico

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader