No 7655   Ano 32   © 2018   2a-feira 12nov2018

Levy aceita presidir o BNDES

Ex-ministro da Fazenda de Dilma Rousseff, Joaquim Levy foi convidado pelo futuro ministro Paulo Guedes e aceitou presidir o BNDES. Levy quer o BNDES voltado para o financiamento de tecnologia e inovação e reduzir os desembolsos para a chamada velha economia. Ele precisará de um período de silêncio de três semanas para o afastamento do Banco Mundial, onde é diretor financeiro. Levy terá a missão de reestruturar o BNDES e perseguirá a meta de acertar todos os pagamentos do banco ao Tesouro. Mas precisa, antes, da concordância de Bolsonaro.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Um ano de reforma trabalhista

  Produção de grãos pode aumentar até 4,5%

  Mais 15 milhões de famílias em crise

  Investidores estrangeiros querem ver reformas

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader