No 7693   Ano 32   © 2019   6a-feira 18jan2019

Itamaraty acusa Maduro de corrupção, terrorismo e narcotráfico.

O subsecretário do Tesouro dos EUA, Marshall Billingslea, participou ontem em Brasília das conversas sobre a Venezuela com o chanceler brasileiro Ernesto Araújo, representantes da oposição venezuelana e de países do Grupo de Lima. Discutiram novas sanções econômicas contra o governo de Nicolás Maduro. Em nota divulgada ontem, o Itamaraty acusou o governo Maduro de terrorismo, narcotráfico, corrupção e lavagem de dinheiro. Até recentemente, o Brasil só chamava de terrorista grupos assim classificados pelas Nações Unidas, como a al-Qaeda.

JORNALDODIA COMPLETO, SÓ PARA ASSINANTES
Peça já uma demonstração gratuita
> Empresas
> Escolas

  Assinantes também podem ler estas notícias:

  Carro-bomba explode perto de academia militar em Bogotá

  EUA lançam novo programa de defesa no espaço

  Trump cancela viagem da presidente da Câmara

  Silvio Berlusconi candidata-se ao Parlamento Europeu

 
POLÍTICA ECONOMIA NEGÓCIOS ÍNDICES GERAL MUNDO HOME
 
PressReader